quarta-feira, 1 de março de 2017

CANDOMBLÉCISTA CATÓLICO ?

Olá todos os irmãos e adeptos do candomblé
Há tempos não escrevo aqui no blog porem depois de muito tempo de 
reflexões sobre o panorama da religiosidade espiritualista seja no Candomblé, Umbanda,Tambor de Mina dentre outras.


É necessário temos a certeza de que nossa religiosidade ancestral preexistente ao catolicismo.

É fato que a existência de outros povos com outras culturas, costumes, linguagens e até mesmo suas geografias influíram diretamente nas culturas mundiais, seja por meio das colonizações e imposições de costumes ou ate mesmo da presença do turismo ou pesquisa.

Seja no continente da Ásia, África, Europa, Oceania, América...

Cada um com seus deuses quando politeístas, ou com um único deus quando monoteísta.

Sendo o Brasil um pais que por lei é laico ( Não possuindo religião oficial)
sendo garantido na forma da lei:
A Constituição Federal, no artigo 5º, VI, estipula ser inviolável a liberdade de consciência e de crença, assegurando o livre exercício dos cultos religiosos e garantindo, na forma da lei, a proteção aos locais de culto e as suas liturgias.

Uma vez que não só católico
Então por que as casas de candomblé fecham no período da quaresma?

Por que os igbas de orixás são cobertos com pano branco ?

Da visão como adepto a 
religião tradicional africana não existe logica...

Ainda que adepto do 
candomblé ­­(Brasil) onde,  e como... o catolicismo adentra a porta de meu ronkó...?

permissividade do meu sacerdócio, cegueira de meu orisá, ou a conveniência da falta do conhecimento?

Os costumes portugueses enraizados profunda nos modos, costumes, tais como:

Alimentação, Vestes onde não foram esclarecidos aos novos iniciados, nossos pais, nossas mães...

Uso da louça para orisás, anágua, azeite de olivas que é de origem europeia
Quaresma é a designação do período de quarenta dias que antecedem a principal celebração do cristianismo:

A Páscoa, a ressurreição de Jesus Cristo, que é comemorada no domingo e praticada desde o século IV.

A Quaresma começa na Quarta-feira de Cinzas e termina no Domingo de Ramos, anterior ao Domingo de Páscoa.

Durante os quarenta dias que precedem a Semana Santa e a Páscoa, os cristãos dedicam-se à reflexão, a conversão espiritual e se recolhem em oração e penitência para lembrar os 40 dias passados por Jesus no deserto e os sofrimentos que ele suportou na cruz.

Meus irmãos, meus Egbomes vão argumentar “ minha mãe, meu pai, fazia assim...

Ainda neste prisma eu pergunto “ então por que vivemos uma época de degradação religiosa, se você me diz que que segue os costumes de suas origens?

Pergunto a todos que estão ouvindo este áudio, existia a cultura do apadilhamento em suas raízes?

Era de costume médiuns do sexo masculino serem dominados por espitiros de mulheres tais como padilhas, 
Pombagiras* (Bombozila) ( Inzila) Angola* ?

Existia conivência dos espititos com o comportamento leviano dos seus médiuns?

Yawo, levava igba do orisa sem conhecimento de sacerdote ou sacerdotisa?

Rodantes faziam Orisá acordados?

Todos que completavam 7 anos recebiam deká?

Existia sacerdote sem família de orisá?